PESQUISAR


Repensar o turismo

2022-09-24 01:00:00

Este mês celebra-se o Dia Mundial do Turismo e o lema “Repensando o turismo” não poderia ser mais adequado. Após dois anos de pandemia, que fizeram parar o planeta, e com as consequências das Alterações Climáticas cada vez mais patentes, parece claro, que o retomar da atividade turística, que já se aproxima a níveis pré-pandemia, deve ser uma oportunidadede para a reflexão. 


Para refletir sobre o turismo que temos e o turismo que queremos; sobre os impactos, positivos e negativos, e sobre a igualdade na distribuição dos benefícios e das consequências do aumento de visitantes, especialmente em ilhas de pequena dimensão.
Cheguei aos Açores há 16 anos, e ainda me lembro do espanto com que fui descobrindo os vários cantos destas ilhas únicas e as pessoas que nelas habitam e ainda sinto este mesmo espanto quando falo com pessoas que as visitam pela primeira vez. Mas esta paisagem natural e humana é frágil e pode ver-se alterada irreversivelmente, e exemplos disto não faltam pelo mundo fora.
Tive ainda a oportunidade de participar de um processo de reflexão sobre o turismo nas “Terras do Priolo” que envolveu entidades públicas, empresas turísticas e a sociedade em geral e que demostrou que é possível pensarmos o turismo em conjunto, com benefícios para todos.
Por isso, o convite a “repensar o turismo” deve envolver a todas as pessoas numa reflexão sobre como o turismo pode ser uma experiência positiva para quem nos visita, mas também para quem cá vive.
 
|| Azucena de la Cruz Martín. Coordenadora SPEA Açores
Asas da Igualdade, 24 setembro Açoriano Oriental
 
Ilustraçao: Foto Joaquim Teodosio

 Ver galeria de fotos

Asas da Igualdade

A partir daqui pode ver Nas Asas da Igualdade: edição mensal da Umar-Açores e publicação no Açoriano Oriental.




NOVEMBRO 2022
D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

GALERIA DE FOTOS

UMAR


Mulheres na Pesca