PESQUISAR


Movimentos sociais em 2019 Novos e urgentes caminhos

2019-12-30

Na perspetiva da construção de um novo mundo, destacamos algumas das ações de movimentos sociais decorridas em 2019. Em jeito de retrospetiva 2019, propomos a quem nos lê, lembrar eventos especiais,no âmbito de movimentos sociais, como o femimista e o ambientalista.


Logo no início do ano, o país enfrentou uma onda de femicídios. A reação fez-se sentir, traduzindo-se em ações de protesto, e certamente maior consciencia social. 8 de Março, greve internacional feminista, marca a força do movimento feminista no mundo. Neste Dia Internacional da Mulher, foi também a vez, nos Açores, da Manifestação e Marcha, em Ponta Delgada. Duas centenas de pessoas se juntaram, constituindo este, um evento marcante que envolveu várias gerações, sobretudo jovens.A juventude tem também marcado presença no movimento ambientalista, mundo fora, incluindo nos Açores, Neste movimento, destaca-se, a Semana Global pelo Clima, em Setembro, para além da Greve Climática Estudantil, decorrida em Março e em Maio. Finalmente nos últimos meses do ano destaca-se a forte denúncia da violação. Lançado pelo movimento feminista do Chile, numa denúncia concreta, da violação e da cultura da violação, a ação: “A culpa não era minha, nem de onde estava, nem de como vestia.” - “O violador és tú”! , tornou-se Mapa e Ação no Mundo. Também aqui.

|| Clarisse Canha, Asas da Igualdade, 27 Dezembro 2019, Açoriano Oriental

 Ver galeria de fotos

Asas da Igualdade

A partir daqui pode ver Nas Asas da Igualdade: edição mensal da Umar-Açores e publicação no Açoriano Oriental.
A página Nas Asas da Igualdade foi lançada pela UMAR-Açores, integrada no projeto com o mesmo nome, desenvolvido em 2007 Ano Europeu da Igualdade e prossegue desde então até aos nossos dias



MARÇO 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

GALERIA DE FOTOS

UMAR


Mulheres na Pesca